Fatura eletrónica na Sonae gera poupanças de 15 milhões de euros

Subscrever
Partilhar

Fim do papel na relação com fornecedores oferece poupanças ambientais e económicas.

A Sonae implementou, em 2005, um projeto pioneiro em Portugal de desmaterialização das comunicações com os seus parceiros e fornecedores, promovendo a adoção da fatura eletrónica como forma de melhorar a qualidade de informação para a gestão dos negócios, otimizar os tempos de tratamento de informação e proporcionar poupanças económicas e ambientais como um todo.

Fruto do projeto desenvolvido pela Direção dos Serviços Administrativos (DSA), a Sonae conseguiu melhorar a sua pegada ecológica, poupando anualmente mais de 90 toneladas de papel, 10 milhões de litros de água e mais de 50 milhões de emissões de CO2, bem como salvando 2.500 árvores. A desmaterialização do processo de faturação dos fornecedores proporcionou, assim, poupanças anuais superiores a 15 milhões de euros, contribuindo para uma maior eficiência e produtividade das atividades desenvolvidas pelas várias unidades de negócio da Sonae.

Nuno Guerreiro, diretor da DSA da Sonae, afirma: “A implementação da fatura eletrónica no relacionamento com os fornecedores e parceiros foi um sucesso e permitiu ganhos significativos para todas as partes. As equipas passaram a ter acesso a informações e indicadores de gestão com maior qualidade, agilidade e rapidez, o que veio facilitar o seu trabalho e gerar não só poupanças ambientais e financeiras, como também ganhos efetivos de produtividade”.

A Sonae gere, todos os anos, mais de 3 milhões de processos de faturação envolvendo mais de 20 mil fornecedores e parceiros. O trabalho desenvolvido permite que, hoje, 100% das ordens de compra e 99% das faturas dos fornecedores externos sejam emitidas eletronicamente. No conjunto das empresas Sonae, hoje 93% das faturas do total dos fornecedores são já desmaterializadas.

Press release enviado pela Sonae, a 11/03/2019.

https://www.sonae.pt/pt/media/press-releases/fatura-eletronica-na-sonae-gera-poupancas-de-15-milhoes-de-euros/

Notícias publicadas

Jornal Económico

Distribuição Hoje

Diário de Notícias

Hiper Super

Diário de Notícias

Dinheiro Vivo

O Jogo

Fleed

Ambiente Magazine

TSF 

Executive Digest

Imagens de Marca

Notícias ao Minuto

Grande Consumo

Outros posts

Subscrever

Fatura eletrónica: metade dos hospitais em Portugal encontra-se em incumprimento desde abril

A fatura eletrónica com a administração pública é obrigatória, desde 18 de abril de 2019, para os serviços da administração direta do Estado e os institutos públicos.

Ainda envia as suas faturas em papel?

A Saphety tem verificado a necessidade crescente destas empresas passarem a receber as faturas dos seus fornecedores por via eletrónica de forma a poderem efetuar o seu processamento e respetivo pagamento remotamente.

Decreto-Lei n.º 14-A/2020

Sumário: Altera o prazo de implementação da faturação eletrónica nos contratos públicos.

Mais posts
Loading