Faturação Eletrónica

IVA

Flexcash – o futuro do funcionamento das empresas?

Subscrever
Partilhar

Na continuação do seu ciclo de webinares, a Saphety diversifica os temas em debate e trouxe-nos, desta vez, o Diretor de Marketing de Empresas da Caixa Geral de Depósitos, Paulo Nina, para falar do financiamento de faturas. A Caixa Geral de Depósitos, em parceria com a Saphety, desenvolveu uma plataforma inovadora, totalmente digital, através da qual se pretendem estabelecer ligações empresariais de serviços financeiros.

 

O Flexcash encontra-se já disponível online, quer no sistema de confirming, quer em factoring, apesar de este último estar ainda numa fase inicial. Este serviço foi desenvolvido em parceria com dois operadores importantes a nível nacional, o que permitiu criar uma plataforma, bastante simples e clara na ótica prática do utilizador e também extremamente segura e robusta, enquanto ferramenta digital financeira.

 

Paulo Nina afirmou que estes dois operadores parceiros trouxeram ao Flexcash uma mais-valia, no que respeita à eficiência e à eficácia do produto digital, devido à sua experiência no setor.

 

Além disso, salientou aspetos diferenciadores desta solução, agora criada, em relação a produtos semelhantes já existentes no mercado:

  • É uma rede empresarial interativa na qual clientes e fornecedores aderem digitalmente;
  • Permite realizar uma eficiente antecipação e controlo de créditos;
  • A rede alarga-se através de convites digitais;
  • A adesão é gratuita;
  • O cliente não é obrigado a ter conta na CGD.

 

Os clientes que procuram este tipo de serviço são muitos e com motivações muito distintas. De um modo geral, os grandes operadores pretendem garantir que os seus fornecedores tenham uma eficiente gestão de tesouraria e capacidade de antecipar os seus créditos.

 

MAIORES VANTAGENS DO FLEXCASH

A grande vantagem deste tipo de solução é o facto de poder ser acedida a qualquer hora e em qualquer lugar, através de qualquer tipo de equipamento com acesso à Internet. O serviço não está dependente do horário de funcionamento do balcão físico do banco.

Outra grande vantagem passa pela capacidade de antecipação de crédito em 24 horas, à distância de um clique. O cliente efetua o seu pedido e, em 24 horas, tem o crédito disponível na conta. É um processo de simplificação de sistemas. Além disso, ambas as partes têm acesso aos dados, valores e datas previstas dos pagamentos, podendo assim realizar uma gestão eficaz de tesouraria, seja para quem paga, seja para quem recebe, com uma real redução de custos.

 

 

A Caixa Geral de Depósitos tem vindo a apostar em soluções digitais, pois considera que estas são o futuro do funcionamento das empresas, em geral, sobretudo na época em que vivemos. Assim, Paulo Nina acrescentou que o banco tem sido contactado por empresas estrangeiras, interessadas em aderir ao Flexcash, o que vem confirmar o caráter global dos produtos disponibilizados.

 

O Diretor de Marketing de Empresas afirmou que, na era digital em que nos encontramos, faria todo o sentido que a Caixa Geral de Depósitos criasse uma solução empresarial 100% digital, que se encadeasse no sistema de faturação eletrónica. Lembrou que este sistema era já obrigatório nas empresas, pelo que o banco apenas avançou com um produto que facilitaria a gestão do processo comercial, desde a emissão da fatura até ao seu pagamento.

 

Em suma, na visão de Paulo Nina, a parceria estabelecida entre a Caixa Geral de Depósitos e a Saphety foi extraordinária, uma vez que permite o controlo da faturação digital em tempo real e isso diminui enormemente a possibilidade de fraude ou de outras falhas no sistema de gestão financeira de uma empresa.  Deste modo, o banco poderá, igualmente, satisfazer as necessidades de tesouraria dos seus clientes empresariais.

Outros posts

Subscrever

Reforma Tributária no Brasil: rumo à Unificação da Faturação Eletrónica

Reforma Tributária no Brasil: rumo à Unificação da Faturação Eletrónica   O Brasil é, sem dúvida, uma das jurisdições mais desafiadoras do mundo quando se trata de legislação tributária. O complexo sistema fiscal que engloba regras de 27 estados e mais de 5.000 municípios criou uma carga fiscal para as empresas, especialmente para transações entre […]

Paraguai: Novo sistema de faturação eletrónica será gradualmente obrigatório a partir de julho de 2022

Paraguai: Novo sistema de faturação eletrónica será gradualmente obrigatório a partir de julho de 2022   O sistema de faturação eletrónica no Paraguai está em desenvolvimento desde 2017 de acordo com o plano realizado pela Subsecretaria do Estado de Tributação (SET) para modernizar e melhorar a cobrança de impostos e minimizar a incidência de fraudes […]

Índia expande âmbito da faturação eletrónica a partir de 1 de abril de 2022

Índia expande âmbito da faturação eletrónica a partir de 1 de abril de 2022   A 24 de fevereiro de 2022, o Conselho Central Indiano de Impostos e Alfândegas Indiretos (CBIC) emitiu uma notificação (Notificação n.º 01/2022 – Imposto Central) que reduziu o limite para a faturação eletrónica obrigatória.   Na Índia, a faturação eletrónica […]

Mais posts
Loading

    Links Rápidos