Otimização de processos de gestão de tesouraria com o confirming digital

Subscrever
Partilhar

A Saphety promoveu, em parceria com a IDC, uma série de webinares subordinados ao tema da faturação eletrónica, sob a série Saphety Talks.

 

Patrícia Valente, Group Treasury da BA Glass, foi uma das oradoras convidadas para o evento, numa sessão dedicada à partilha de experiências quanto à utilização da plataforma Flexcash — resultado de uma parceria entre a Caixa Geral de Depósitos (CGD) e a Saphety —, que disponibiliza serviços de financiamento de faturas, tais como o factoring e o confirming digital.

 

Patrícia Valente começou por explicar que a adesão da BA Glass ao confirming ocorreu num contexto de forte aposta, por parte da empresa, nos processos digitais. A executiva afirmou que a empresa procura automatizar o mais possível as tarefas, de forma a simplificar o dia a dia e a tornar o trabalho mais eficiente.

 

Segundo a entrevistada, o confirming digital surgiu como uma forma de potenciar a relação da BA Glass com os fornecedores. Patrícia Valente destacou a simplicidade do processo, um fator que considera ser determinante para o sucesso da implementação desta solução junto dos fornecedores, dado que estes tendem a rejeitar o serviço quando o procedimento é “demasiado complexo”.

 

A aposta da BA Glass no Flexcash nasceu de uma proposta da CGD, apresentando esta plataforma digital como um canal que permitiria potenciar o uso da ferramenta confirming, evitar trabalhar com papel e acabar com a troca de correspondência com informação confidencial por e-mail — mitigando, assim, os riscos de fraude digital.

 

De acordo com a executiva, a preocupação da BA Glass em combater as ciberameaças e proteger os dados do fornecedor foi uma das razões principais que levaram a empresa a aderir a um portal com as características do Flexcash.

 

A entrevistada ressaltou a simplicidade do sistema, considerando que, através dele, é “muito fácil” veicular informação aos fornecedores. Sublinhou, também, a autonomia que o Flexcash lhes proporciona, descrevendo-o como “um único canal que permite ao fornecedor ver a sua posição com toda a BA [Glass]”.

No que toca ao feedback dos fornecedores em relação ao Flexcash, Patrícia Valente foi perentória ao afirmar que tem sido “muito positivo” e que a adesão dos fornecedores à solução confirming deve-se, em grande medida, à utilização desta plataforma.

 

Quanto ao papel da Saphety — a empresa desenvolvedora da Flexcash —, enquanto agente facilitador da consolidação da plataforma na BA Glass, a entrevistada realçou o papel “bastante ativo” da empresa no processo.

 

Patrícia Valente enalteceu a abertura com que a Saphety procedeu às alterações que a BA Glass solicitou, quando começou a trabalhar com a plataforma, bem como a prontidão da equipa de suporte técnico para resolver problemas na utilização do portal, quer por parte dos fornecedores, quer por parte dos colaboradores da BA.

 

As soluções de financiamento de faturas — tais como o confirming e o factoring (que começa agora a dar os primeiros passos em Portugal) — são apenas algumas das muitas possibilidades que têm vindo a ganhar forma, na senda desta nova realidade ao nível da organização empresarial, marcada por uma progressiva desmaterialização documental e simplificação dos processos.

 

Em suma, e conforme as declarações de Patrícia Valente, plataformas como o Flexcash, que permitem tirar o máximo partido da utilização destes instrumentos de financiamento e, em última análise, garantir uma gestão de tesouraria mais equilibrada, podem representar uma mais-valia para as empresas.

Outros posts

Subscrever

Flexcash – o futuro do funcionamento das empresas?

Na continuação do seu ciclo de webinares, a Saphety diversifica os temas em debate e trouxe-nos, desta vez, o Diretor de Marketing de Empresas da Caixa Geral de Depósitos, Paulo Nina, para falar do financiamento de faturas. A Caixa Geral de Depósitos, em parceria com a Saphety, desenvolveu uma plataforma inovadora, totalmente digital, através da […]

As vantagens do confirming digital através da plataforma Flexcash

Para as empresas do grupo Trivalor, esta plataforma é igualmente fácil de gerir, no ponto de vista do software, não havendo necessidade de formação muito demorada para que os técnicos entendam o seu modo de funcionamento.

A automatização de processos de faturação e a otimização da relação com fornecedores e clientes

No que toca ao tema do papel da faturação eletrónica na transformação eletrónica do grupo Luís Simões, Ricardo Andrade afirmou ser um dos vetores e que o grupo está empenhado em tornar automatizadas todas as tarefas que sejam possíveis de serem transformadas em formato eletrónico, colocando as pessoas focadas em tarefas de valor acrescentado.

Mais posts
Loading