Saphety
16.8.2017

Saphety Leadership: Rui Fontoura, Chief Executive Officer

 

Rui Fontoura_2.jpg

Rui Fontoura (Coimbra, 04/10/1964) é o atual Chief Executive Officer da Saphety.

Licenciado em Engenharia Eletrotécnica e Telecomunicações, pelo Instituto Superior Técnico, é conhecido por estar envolvido  em inúmeras “revoluções” tecnológicas em Portugal e por ser um dos especialistas portugueses em EDI.

Biografia


Vida pessoal e formação profissional

A infância foi passada em Coimbra mas cedo (aos 13 anos) mudou-se para Lisboa onde seguiu os estudos e iniciou a carreira. O saber como as coisas funcionavam foi algo que sempre despertou a sua atenção, e que o levou a optar pela área tecnológica, área B, quando teve de escolher a área de estudos na Escola Secundária Fonseca Benevides, e condicionou a escolha do curso universitário. Numa altura em que a tecnologia estava a dar os primeiros passos, Rui Fontoura optou por estudar engenharia eletrotécnica no Instituto Superior Técnico (1982 – 1988).

Carreira à volta de projetos inovadores

Após o final do curso Rui Fontoura enviou “meia dúzia” de currículos. Teve resposta positiva de todas as empresas contactadas. Após reflexão optou pela Central Comercial. A escolha deveu-se exclusivamente ao facto de ir trabalhar numa área recém-formada: redes de computação. E é o início de um ciclo: Rui Fontoura esteve envolvido em inúmeras revoluções tecnológicas em Portugal, tendo participado ativamente (e nalguns casos liderado) projetos inovadores no país.

A escolha revelou-se acertada. Não só a empresa estava a trabalhar com a tecnologia mais avançada na altura como, em poucos meses, deu origem a uma das empresas emblemáticas do setor tecnológico português: a ParaRede. Aqui Rui Fontoura trabalhou em vários projetos inovadores dos quais destaca o da Torre do Tombo, que implicou a criação da primeira rede de computadores do Governo. Neste caso específico foi o responsável máximo pelo projeto o que lhe permitiu “crescer a nível profissional”, dado que este foi “um dos projetos mais interessantes da altura”. Para tal contribuiu o fato de a ParaRede trabalhar com empresas britânicas, o que permitiu a partilha de conhecimentos e um alavancar dos mesmos.

Em 1995 a ParaRede decidiu apostar numa nova área: EDI e chamou Rui Fontoura para o cargo de gestor de produto. Decisão que implicou uma mudança de rumo na carreira – das redes para o software. Durante este período Rui Fontoura instalou o primeiro sistema de EDI na Sonae, nomeadamente ligando a Modelo Continente aos seus fornecedores. Seguiram-se os principais players do setor do retalho e outras indústrias, como a SIBS. O sucesso dos projetos realizados e o conhecimento adquirido fizeram com que Rui Fontoura “tomasse” o gosto a esta nova área e se focasse no EDI – Electronic Data Interchange ou troca eletrónica de documentos.

Em 1999 Rui Fontoura assumiu a direção da EZTrade (empresa Brasileira criada pela ParaRede no Brasil) após convite do presidente da ParaRede. Com um objetivo claro: criar uma filial virada para o comércio eletrónico. A Walmart foi o primeiro cliente, de uma filial que chegou a ter 30 pessoas na equipa.

Em 2002 deu-se a “bolha das TI” obrigando a ParaRede a repensar a sua estratégia internacional. A filial brasileira foi vendida e com isso Rui Fontoura regressou a Portugal. E rapidamente assumiu a direção da área de integrações de sistemas, a área de negócio da ParaRede responsável pela criação de produtos próprios e onde foi desenvolvida uma solução de troca eletrónica de documentos, a web EDI.

Foi o começar do zero. A equipa de Rui Fontoura não só criou um produto completamente novo como conquistou quota de mercado e, simultaneamente, criou mercado. De zero clientes a muitos clientes.

Em 2005 a ParaRede vende a Unidade de Negócio de Produtos e Integração de Sistemas à recém formada empresa Softlimits (onde Rui Fontoura detinha uma participação societária). Rui Fontoura assume o cargo de diretor de mercados eletrónicos. Numa altura em que a legislação nacional começa a mudar, o foco da nova empresa assenta na fatura eletrónica. Entre os vários projetos, destaque para os SMAS de Almada e de Vila Franca de Xira, Fnac e Staples entre muitos outros.

Em 2010 a Saphety compra essa unidade de negócio da Softlimits e Rui Fontoura é convidado para o cargo de diretor geral da Saphety. Sob a alçada de Rui Fontoura a empresa potencia o Netdocs, transformando-o no atual SaphetyDoc e, em 2013, inicia uma estratégia de internacionalização, entrando, primeiro, no mercado brasileiro e, depois, na Colômbia.

Hoje, há 7 anos à frente da Saphety, Rui Fontoura lidera a empresa que se posiciona como um fornecedor de Soluções Globais em Rede, focada nas áreas de EDI & Electronic Invoicing, Electronic Procurement (Private and Public), Electronic Bill Presentment e Data Synchronization, com clientes em mais de 30 países.

Hobbies
Ténis de mesa
Ténis
Paddle
Música - vinil 

 

Texto em espanhol.

Subject: 2017, Portugal

Saphety

Publicado por Saphety

Saphety (saphety.com) is a leading company in solutions for electronic documents exchange, electronic invoicing and data synchronization amongst companies. Currently, its client portfolio has over 3900 compa-nies and over 160 thousand users throughout more than 37 countries.