Saphety
16.8.2017

Saphety Leadership: Rui Fontoura, Chief Executive Officer

 

Rui Fontoura_2.jpg

Rui Fontoura (Coimbra, 04/10/1964) é o atual Chief Executive Officer da Saphety.

Licenciado em Engenharia Eletrotécnica e Telecomunicações, pelo Instituto Superior Técnico, é conhecido por estar envolvido  em inúmeras “revoluções” tecnológicas em Portugal e por ser um dos especialistas portugueses em EDI.

Biografia


Vida pessoal e formação profissional

A infância foi passada em Coimbra mas cedo (aos 13 anos) mudou-se para Lisboa onde seguiu os estudos e iniciou a carreira. O saber como as coisas funcionavam foi algo que sempre despertou a sua atenção, e que o levou a optar pela área tecnológica, área B, quando teve de escolher a área de estudos na Escola Secundária Fonseca Benevides, e condicionou a escolha do curso universitário. Numa altura em que a tecnologia estava a dar os primeiros passos, Rui Fontoura optou por estudar engenharia eletrotécnica no Instituto Superior Técnico (1982 – 1988).

Carreira à volta de projetos inovadores

Após o final do curso Rui Fontoura enviou “meia dúzia” de currículos. Teve resposta positiva de todas as empresas contactadas. Após reflexão optou pela Central Comercial. A escolha deveu-se exclusivamente ao facto de ir trabalhar numa área recém-formada: redes de computação. E é o início de um ciclo: Rui Fontoura esteve envolvido em inúmeras revoluções tecnológicas em Portugal, tendo participado ativamente (e nalguns casos liderado) projetos inovadores no país.

A escolha revelou-se acertada. Não só a empresa estava a trabalhar com a tecnologia mais avançada na altura como, em poucos meses, deu origem a uma das empresas emblemáticas do setor tecnológico português: a ParaRede. Aqui Rui Fontoura trabalhou em vários projetos inovadores dos quais destaca o da Torre do Tombo, que implicou a criação da primeira rede de computadores do Governo. Neste caso específico foi o responsável máximo pelo projeto o que lhe permitiu “crescer a nível profissional”, dado que este foi “um dos projetos mais interessantes da altura”. Para tal contribuiu o fato de a ParaRede trabalhar com empresas britânicas, o que permitiu a partilha de conhecimentos e um alavancar dos mesmos.

Em 1995 a ParaRede decidiu apostar numa nova área: EDI e chamou Rui Fontoura para o cargo de gestor de produto. Decisão que implicou uma mudança de rumo na carreira – das redes para o software. Durante este período Rui Fontoura instalou o primeiro sistema de EDI na Sonae, nomeadamente ligando a Modelo Continente aos seus fornecedores. Seguiram-se os principais players do setor do retalho e outras indústrias, como a SIBS. O sucesso dos projetos realizados e o conhecimento adquirido fizeram com que Rui Fontoura “tomasse” o gosto a esta nova área e se focasse no EDI – Electronic Data Interchange ou troca eletrónica de documentos.

Em 1999 Rui Fontoura assumiu a direção da EZTrade (empresa Brasileira criada pela ParaRede no Brasil) após convite do presidente da ParaRede. Com um objetivo claro: criar uma filial virada para o comércio eletrónico. A Walmart foi o primeiro cliente, de uma filial que chegou a ter 30 pessoas na equipa.

Em 2002 deu-se a “bolha das TI” obrigando a ParaRede a repensar a sua estratégia internacional. A filial brasileira foi vendida e com isso Rui Fontoura regressou a Portugal. E rapidamente assumiu a direção da área de integrações de sistemas, a área de negócio da ParaRede responsável pela criação de produtos próprios e onde foi desenvolvida uma solução de troca eletrónica de documentos, a web EDI.

Foi o começar do zero. A equipa de Rui Fontoura não só criou um produto completamente novo como conquistou quota de mercado e, simultaneamente, criou mercado. De zero clientes a muitos clientes.

Em 2005 a ParaRede vende a Unidade de Negócio de Produtos e Integração de Sistemas à recém formada empresa Softlimits (onde Rui Fontoura detinha uma participação societária). Rui Fontoura assume o cargo de diretor de mercados eletrónicos. Numa altura em que a legislação nacional começa a mudar, o foco da nova empresa assenta na fatura eletrónica. Entre os vários projetos, destaque para os SMAS de Almada e de Vila Franca de Xira, Fnac e Staples entre muitos outros.

Em 2010 a Saphety compra essa unidade de negócio da Softlimits e Rui Fontoura é convidado para o cargo de diretor geral da Saphety. Sob a alçada de Rui Fontoura a empresa potencia o Netdocs, transformando-o no atual SaphetyDoc e, em 2013, inicia uma estratégia de internacionalização, entrando, primeiro, no mercado brasileiro e, depois, na Colômbia.

Hoje, há 7 anos à frente da Saphety, Rui Fontoura lidera a empresa que se posiciona como um fornecedor de Soluções Globais em Rede, focada nas áreas de EDI & Electronic Invoicing, Electronic Procurement (Private and Public), Electronic Bill Presentment e Data Synchronization, com clientes em mais de 30 países.

Hobbies
Ténis de mesa
Ténis
Paddle
Música - vinil 

 

Texto em espanhol.

Subject: 2017, Portugal

Saphety

Publicado por Saphety

Saphety (saphety.com) is a leading company in solutions for electronic documents exchange, electronic invoicing and data synchronization amongst companies. Currently, its client portfolio has over 7000 companies and over 520 thousand users throughout more than 40 countries.