Saphety
7.2.2020

Caixa aposta na Faturação Eletrónica

Transcrito na íntegra, do artigo original, "Caixa aposta na Faturação Eletrónica", publicado pela Caixa Geral de Depósitos (cgd.pt), a 30 de janeiro de 2020.

CGD exige fatura eletrónica a fornecedores

Cumprimento dos prazos de pagamento, maior produtividade, rigor e segurança no tratamento de faturas.
 
À semelhança do que está a ser exigido pelo Estado no âmbito da Contratação Pública, a CGD elegeu como formato de faturação a receber a tecnologia E.D.I. (Electronic Data Interchange), que se traduz na receção das faturas com origem nos seus fornecedores e parceiros sob a forma de dados (estruturados e previamente definidos) e na disponibilização automática desses dados (documentos) para tratamento.

O projeto Faturação Eletrónica da Caixa persegue assim como principais objetivos o aumento da eficiência associada ao tratamento de faturas e o cumprimento dos prazos de pagamento acordados com os fornecedores e parceiros.

Estes objetivos têm vindo a ser potenciados por uma campanha de comunicação interna e externa junto dos stakeholders, a quem o Banco sensibiliza para os ganhos desta medida:

- Redução de custos com impressão, envio e arquivo de documentos
- Aumento da produtividade e eficiência da organização (com o abandono de tarefas manuais de processamento e expedição)
- Maior rigor e normalização de procedimentos (eliminação de potenciais erros e extravios)
- Maior segurança e confidencialidade da informação.
 
Este projeto integra ainda a estratégia de transformação e digitalização da Caixa e surge no âmbito da adoção de um conjunto de práticas ambientalmente mais responsáveis, com reforço significativo de valores de marca e imagem. Destaque especial para os de inovação, modernidade e competitividade que a faturação eletrónica determina.
 
Para a receção das faturas em formato eletrónico, o Banco selecionou a Saphety (Rede de Faturação Eletrónica/ Operador de E.D.I.), sendo a plataforma SaphetyDoc o canal de entrada das faturas na Caixa.
 

Cada fornecedor ou parceiro poderá, no entanto, escolher a rede ou operador de E.D.I. a utilizar para o envio das faturas à Caixa (https://eespa.eu/membership-list).

Os preços praticados por estes operadores variam, naturalmente, em função das condições e estratégia comercial de cada um, mas também do nível e necessidade de integração associado a cada Fornecedor ou Parceiro, existindo soluções e preços ajustados à dimensão de cada Empresa e à quantidade de documentos emitidos.

Para os fornecedores e parceiros que não aderirem à Faturação Eletrónica até 15 de fevereiro de 2020, a Caixa apresenta, a partir dessa data, como único canal alternativo o envio - a título provisório e excecional - de todas as faturas por correio para o seguinte endereço:

Caixa Geral de Depósitos, S.A.
Apartado 10139
Loja CTT Arroios
1001-001 Lisboa

Para mais informações sobre o Projeto de Faturas Eletrónicas, utilize os seguintes contactos:

Caixa Geral de Depósitos
scs.faturacaoeletronica@cgd.pt

Saphety (Parceiro da CGD para a Faturação Eletrónica)
Tel: 21 017 40 65 | sales@saphety.com
https://info.saphety.com/fornecedores/cgd

 

Artigo original publicado pela Caixa Geral de Depósitos,  a 30/01/2020.

Link original: https://www.cgd.pt/institucional/noticias/pages/caixa-aposta-na-faturacao-eletronica.aspx

Subject: EDI & Electronic Invoicing, SaphetyDoc, Portugal, 2020

Saphety

Publicado por Saphety

Saphety (saphety.com) is a leading company in solutions for electronic documents exchange, electronic invoicing and data synchronization amongst companies. Currently, its client portfolio has over 7000 companies and over 520 thousand users throughout more than 38 countries.