IT Channel
1.2.2018

Empresas têm um ano para se adaptarem à obrigatoriedade de faturação eletrónica em contratos públicos

Empresas têm um ano para se adaptarem à obrigatoriedade de faturação eletrónica em contratos públicos Em janeiro entrou em vigor o novo decreto que torna obrigatória a faturação eletrónica no âmbito de contratos com a administração pública, de cumprimento obrigatório a partir de janeiro de 2019. “Na prática, a partir de janeiro de 2019 será obrigatória a faturação eletrónica na administração pública”, indica Miguel Zegre, business unit director (EDI & Electronic Invoicing) na Saphety. As empresas devem, por isso, “encontrar soluções para estarem preparadas para emitir faturas eletrónicas”. Na prática, explica, “poderão enviar faturas eletrónicas de duas formas: ou através de uma integração direta do seu sistema de gestão (ERP) ou utilizando um formulário web, que esteja de acordo com as regras definidas para a faturação eletrónica”.

O novo enquadramento legal abrirá espaço a uma maior adoção da fatura eletrónica e as próprias empresas de IT que celebrem contratos com o Estado têm, elas próprias, de aderir a este tipo de solução. A Saphety está, desde que foi publicada a diretiva em 2014, “a preparar e a alertar os seus parceiros de negócio, nomeadamente os fabricantes de ERP, a preparem a sua integração para responder aos novos requisitos”, remata Miguel Zegre.

 
 

Notícia publicada na  IT Channel, a 01/02/2018.

URL: https://cdn2.hubspot.net/hubfs/1889475/Documents/Clipping/2018/IT%20Channel%20-%20Empresas%20t%C3%AAm%20um%20ano%20para%20se%20adaptarem%20%C3%A0%20obrigatoriedade%20de%20fatura%C3%A7%C3%A3o%20eletr%C3%B3nica%20em%20contratos%20p%C3%BAblicos.pdf

Subject: Portugal, 2018, SaphetyDoc, EDI & Electronic Invoicing, SaphetyGov, Contratação Pública