Faturação Eletrónica

Outras Soluções

Tendências de auditorias do IVA – foco da UE no E-commerce

Subscrever
Partilhar

Tendências de auditorias do IVA – foco da UE no E-commerce

 

Num relatório recente da Comissão Europeia (CE), foram publicadas diretrizes específicas não apenas sobre as melhores práticas, mas também sobre como os Estados-Membros da UE podem harmonizar o foco dos seus projetos de auditoria do IVA. Vimos uma mudança significativa do escrutínio de negócios historicamente complexos em setores como automóvel e químico para outros setores, como o comércio online e vendas à distância (E-commerce).

 

O relatório divulgado pela CE em abril observou que deve haver um esforço consciente das autoridades fiscais locais para aumentar a eficiência das práticas e resultados de auditoria, indicando que projetos complexos podem ser direcionados para resolver questões específicas do setor.

 
Os Estados-Membros observaram:

“Devem ser implementados projetos de auditoria mais complexos (para grupos específicos de contribuintes, uma indústria ou uma linha de negócios como retalho, para abordar um risco específico ou estabelecer o grau de não conformidade num setor específico) e realizar auditorias abrangentes e investigações de fraude”.

 

Auditorias de IVA em toda a Europa

 

Já vimos isso acontecer em alguns países, como Holanda e Alemanha, com uma mudança maior para a auditoria de empresas anteriormente negligenciadas no setor de comércio eletrónico como resultado do Brexit e do pacote de IVA para comércio eletrónico implementado em julho de 2021 . A nossa própria equipa de auditoria viu um aumento de 45% nas auditorias abertas nos nossos clientes de comércio eletrónico no segundo semestre do ano – impulsionado tanto pela mudança de atividade pós-Brexit quanto pelo começo do One-Stop-Shop (OSS).

 

Analisando mais em detalhe a abordagem de auditoria de diferentes administrações fiscais, observamos um foco maior nas auditorias de reembolso de IVA na Holanda, enquanto a Alemanha examinou os retalhistas de comércio eletrónico em questões mais específicas. Essas polarizações refletem os interesses individuais dos Estados-Membros da UE e também as atividades das empresas que operam em toda a UE, mas é claro que as administrações fiscais de todos os países estão a tomar nota da importância de realizar auditorias para fechar a diferença do IVA.

 

Recomenda-se envolver agências administrativas e órgãos governamentais para ajudar nos projetos de auditoria mais complexos iniciados pelos Estados-Membros da UE. Com as mudanças na forma como as mercadorias circulam entre o Reino Unido e a UE ocupando o centro das atenções em 2021, tem havido uma importância crescente na transferência de informações entre as Autoridades tributárias e aduaneiras. Conforme mencionado anteriormente, a implementação do regime OSS levou a uma maior mudança nos relatórios das empresas de comércio eletrónico que operam na UE e o impacto no processo de auditoria ainda não foi revelado.

 

É claro que as grandes mudanças no cenário do IVA em 2021 criaram um conjunto diferente de desafios para empresas e administrações fiscais, mas incentivar a manutenção de registros precisos ainda é um objetivo central da maioria dos Estados-Membros da UE. Num nosso próximo artigo desta série de auditorias do IVA, exploraremos os gatilhos comuns de uma auditoria de IVA.

 

 

Transcrito do texto original: https://sovos.com/blog/vat/trends-in-vat-audits-eu-focus-on-e-commerce/ 

 

A Saphety foi adquirida pela Sovos.

 

 

Outros posts

Subscrever

Faturação no Chile – operações de câmbio

Faturação no Chile – operações de câmbio   A Faturação no Chile foi alterada a 1 de dezembro de 2022,  aquando da entrada em vigor da resolução 66 dos Serviços Internos de Receita do Chile.   Este novo regulamento diz respeito às organizações com operações em moeda estrangeira. Bancos, corretoras de valores, casas de câmbio […]

Sérvia: Alterações às Leis de Faturação Eletrónica, Fiscalização e IVA

Sérvia: Alterações às Leis de Faturação Eletrónica, Fiscalização e IVA   A Sérvia está na reta final para implementar a fatura eletrónica obrigatória, que entrou em vigor a 1 de janeiro de 2023. Algumas alterações ainda estão a ser pensadas de modo a permitir a introdução total da faturação eletrónica obrigatória para B2B. Em 12 […]

Polónia: Faturação Eletrónica através do KSeF

Polónia: Faturação Eletrónica através do KSeF   Polónia publica projeto lei sobre faturação eletrónica obrigatória através do KSeF   A 1 de dezembro de 2022, o Ministério das Finanças da Polónia publicou o projeto lei que altera a Lei do IVA relativamente à introdução da fatura eletrónica obrigatória no Sistema Nacional de Faturação Eletrónica (KSeF). […]

Mais posts
Loading

    Links Rápidos